Sobre a Revista

A Revista Prometeu está aberta à publicação de textos científicos, ensaios, resenhas, produções artísticas visuais, sonoras e audiovisuais desde que atendam às exigências editoriais de relevância, pertinência, cientificidade, qualidade literária, técnica, acadêmica, posicionamento ético e político próprias de um periódico de qualidade. Incorpora na sua nova proposta elementos metodológicos e tecnológicos contemporâneos relativos às novas linguagens multimídia e às políticas de acessibilidade de pessoas com deficiência.

Prometeu assume uma postura política pela democratização do conhecimento e pela submissão desse conhecimento à democracia, à paz, à justiça, à solidariedade e à confiança no futuro. Oferece aos seus leitores múltiplas possibilidades acerca do pensar e fazer do sujeito situado num contexto sociohistórico e discursivo marcado pela formação de uma cultura digital. Por isso, reitera a vocação de ser um veículo de grupos e pessoas interessadas no uso crítico e educativo das tecnologias da informação e da comunicação.

A Revista Prometeu foi criada em meados de 2008, sendo a primeira revista eletrônica da UFRN. Após um período suspensa, retorna com a mesma política editorial; mantendo suas carasterísticas filosóficas e pedagógicas, propondo reflexões críticas acerca das várias dimensões do processo educativo, na perspectiva de uma educação midiática. Este periódico de fluxo contínuo é um espaço que visa dar continuidade ao diálogo, problematizações e reflexões sobre o impacto e uso das mídias na Educação.